Voltar


Economia

Moradores de Maracajá querem isenção de pedágio entre Maracajá e Araranguá

Economia

há 15 dias


21/02/2021 11h10

Os moradores de Maracajá criaram um abaixo-assinado com o objetivo de pressionar a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e a CCR Via Costeira – responsável pela administração de 220,4 quilômetros da BR 101, no Sul de SC – para que aqueles que trabalham em Araranguá, mas que residem em Maracajá não sejam obrigados a realizar o pagamento de R$ 2,10 referente à taxa do pedágio, que fica localizado na divisa entre Maracajá e Araranguá.

Conforme Gérson Jonatan, um dos idealizadores do movimento, a iniciativa fará a diferença na vida de muitos cidadãos. “Essa demanda chegou até mim nos últimos dias; o pagamento diário do valor gerou uma insatisfação na cidade já que muitas pessoas utilizam esse trecho. Com essa praça de pedágio os impactos financeiros serão expressivos”, afirmou.

 

Além disso, a comunidade espera uma resposta dos responsáveis pelo pedágio e ANTT. “Hoje já temos mais de 500 assinaturas e queremos aumentar esse número. Vamos enviar esse abaixo-assinado para deputados federais para que eles possam fortalecer esse pedido da comunidade maracajaense”.

Selma Aguiar também manifestou sua contrariedade com a cobrança. “Sou nascida em Maracajá e resido atualmente em Araranguá. Hoje sou integrante do Conselho de Segurança e Conselho da Cidade em Maracajá, presidente da ONG Instituto Socioambiental Maracaja-ISAM e constantemente estou em reunião na cidade; além disso meus irmãos moram lá e sempre os estou visitando. É justo não ser cobrada para me deslocar ao meu município origem”, disse.

Já Flávia Mazon afirmou que trabalha em outras cidades e o pedágio traz prejuízos. “Normalmente eu trabalho em algum município da Amesc, com isso, sendo moradora de Maracajá, sempre passo pelo trecho do pedágio. Eu como sou professora também não ganho vale-transporte e mais um pedágio para pagar, além dos impostos do meu carro, fica difícil, não sobrará muito do salário, que já é pouco”

 

 

Fonte: Portal Agora Sul


(48) 3535-1256

(48) 99134-0042

Rua Silvio Boff, 348 Bairro Paraguai
Jacinto Machado/SC - CEP: 88950-000

Copyright 2019 - Jornal Volta Grande